VOLUNTÁRIOS

Testemunhos de uma energia recriadora.

image

“Ri com eles e também chorei e é de uma beleza gigante…”

É um enorme orgulho vestir a t-shirt da Acreditar. Sinto-o! Imagino que seja assim que o super-homem se sente quando veste o fato de poderes ultra-especiais: um enorme orgulho em servir o outro!
Nos meus circuitos pelo Hospital Pediátrico e pela Casa foram muitas as crianças e famílias que conheci, muitos sorrisos, aventuras deliciosas e traquinices de encher o coração. Ri com eles e também chorei e é de uma beleza gigante sentir as relações e sentimentos que se vão criando. Semana após semana, lá estão eles à espera dos voluntários e semana após semana lá estou eu também a desejar regressar.
Obrigada a cada um de vocês, por serem todos tão diferentes, absolutamente preciosos, e por me fazerem sentir que vale a pena Acreditar!

Catarina

image

“… contamos com a magia da solidariedade…”

Quando há quatro anos me inscrevi na Acreditar não imaginava que a minha vida se transformasse tanto. Não imaginava que ia ficar muito mais leve e muito mais rico!
Nunca me tinham dito que, como voluntário, iria auferir uma remuneração tão elevada. Inquantificável! Recebo das crianças e dos seus familiares sacos cheios de sorrisos, cheques avultados de carinho e maços de notas de felicidade.
Neste momento estarão a pensar que é tudo felicidade? Não! Também há momentos muito tristes, lágrimas escorregadias e "murros no estômago". Mas nesses momentos contamos com a magia da solidariedade, com a força hercúlea das crianças e com a cumplicidade das famílias.

Paulo

image

“Encontrei fluidez nas relações, respeito pelo outro…”

Conhecia muito pouco sobre a Acreditar, ia com medo porque o cancro mete medo e mais ainda em crianças. Não sabia o que ia encontrar, mas sabia que queria ajudar quem trabalhava empenhadamente para apoiar aquelas crianças e famílias. Ia disposta a dar o que conseguisse e a nada receber em troca, despojada de expectativas, apenas com o compromisso debaixo do braço.
A realidade surpreendeu-me. Num local que eu imaginava marcado pelo peso das vidas que por lá passam, encontrei um ambiente positivo e sereno e um conjunto de pessoas que sorriam e se mostravam descontraídas e acolhedoras. Encontrei fluidez nas relações, respeito pelo outro e por tudo aquilo que ele representa, e encontrei sobretudo uma vontade férrea de “fazer acontecer”.
Ao longo destes 11 anos, assisti nos bastidores à alegria das pequenas vitórias e à tristeza das histórias que não tiveram um final feliz. Vi a dedicação dos voluntários que se reinventam para arrancar mais um sorriso. Vi muitas crianças e pais que naquela Casa encontraram a estabilidade possível numa fase tão conturbada das suas vidas e senti-me preenchida por ser uma pequena peça daquela engrenagem.
Cresci como pessoa, aprendi a relativizar as contrariedades da vida e a valorizar coisas tão simples como a gargalhada de uma criança ou uma fatia de bolo feito por uma Mãe e gentilmente oferecida a quem lá trabalha.
Quando penso no que a Acreditar representa para mim, penso em Gratidão.

Elsa

Custo total da chamada: 0.60€
A favor da ACREDITAR: 0.48€
Faça já o seu donativo
Através do EASYPAY

Partilhe este verbo, siga-nos em:

NEWSLETTER ACREDITAR